Receitas

5 dicas para servir cachorro-quente em festa

Quem tem filhos e gosta de se reunir com a família e amigos sempre está com a casa cheia, sendo o(a) anfitrião(ã) de uma festa ou de uma tarde divertida. Nessas situações, é comum preparar algum lanche para servir e, para conciliar essa missão com a correria do dia a dia, nada melhor do que uma receita prática para festas que faz sucesso entre os convidados.

O cachorro-quente é uma ótima opção, pois existem várias versões desse lanche, que vão das mais simples até as mais gourmet, adaptando-se ao tempo que você tem disponível e agradando tanto às crianças quanto aos adultos. Os únicos ingredientes que não podem faltar em nenhuma das versões é o pão e a salsicha, sendo este último o protagonista.

Quer acertar em cheio e fazer sucesso com os seus convidados? Veja, a seguir, por que é vantajoso oferecer esse lanche, 5 dicas e receitas, como montá-lo e quais são os modos de servir!

As vantagens de servir cachorro-quente em festa

Quando a gente fala em festinha, uma das primeiras guloseimas que vem à cabeça é o cachorro-quente. Não é para menos, além de ser bem gostoso, ele é bem vantajoso por diversos motivos. A seguir, mostramos os principais.

Praticidade

Fazer cachorro-quente é uma tarefa rápida e fácil, principalmente se você usar uma receita mais simples. Nesse caso, a única coisa que precisa de preparo é a salsicha — mas, aí, basta fazer um molho de tomate e deixá-las imersas fervendo por alguns minutos. Como os outros ingredientes já vêm prontos, é só fazer a montagem na hora de servir.

Muitas pessoas gostam

A criançada adora lanches assim nas festas, mas também tem muito adulto que gosta bastante. Então, outra vantagem de servir o cachorro-quente é que ele é fácil de agradar os convidados. Caso queira, pode planejar uma segunda opção para atender quem não come esse tipo de lanche.

Várias opções de receitas

Engana-se quem acha que o cachorro-quente é feito de apenas um jeito. Há várias receitas diferentes, com tipos de pão, salsicha e ingredientes que podem ser usados na variação. Então, é algo que dá para fazer sem correr o risco de as pessoas enjoarem do lanche.

Ingredientes baratos

Pão, salsicha, batata palha… a maioria dos ingredientes tem preço mais em conta. Isso significa que você pode fazer uma receita para muitas pessoas sem pesar demais no orçamento — e o seu bolso agradece no fim do mês. Quer coisa melhor que um lanche gostoso e, ao mesmo tempo, econômico?

5 dicas para servir cachorro-quente

cachorro-quente em festa

Agora que você já sabe das vantagens de servir esse lanche delicioso nas festinhas, vamos oferecer 5 dicas para você arrasar no planejamento e na execução!

1. Defina o tipo de pão que será usado

Existem várias formas de se fazer cachorro-quente. Entre os pães, você pode optar pelo macio, próprio para hot-dog como também pelo tradicional pão de leite. 

Há ainda o pão francês, que garante aquela crocância para o seu lanche. Se você gosta de experimentações na cozinha, pode ainda usar o pão de forma, baguetes e pães integrais, para versões lights desse lanche querido. 

2. Escolha o tipo de salsicha para o recheio

Para dar mais personalidade à receita, a salsicha é o ingrediente mais importante. Existem variações como as defumadas ou tradicionais — tipo hot-dog. Estas podem ser refogadas no molho de tomate, assadas, grelhadas, recheadas ou ainda empanadas. Opções não faltam.

Além disso, você também pode variar na forma como ela é preparada, dando uma nova textura ao clássico lanche. Para render mais, ela pode ser picada em rodelas, ou se você quiser, faça-a em cubos. Ainda, tem a versão fatiada ao meio.

Já a salsicha inteira, com ou sem o molho, é a mais prática de todas. Ou seja, fica a seu critério escolher a opção que mais agrada ao seu paladar.

3. Defina quais são os acompanhamentos e ingredientes utilizados

Você pode fazer várias combinações para incrementar o cachorro-quente, como servi-lo com batata frita, batata palha ou purê de batatas. Outra opção é condimentar com milho, ervilha, cebola, uva-passas, legumes em cubos, queijo ralado e requeijão cremoso. 

Não se esqueça dos molhos, como o ketchup, a mostarda e a maionese. Esta tem uma série de variações de sabor, como a de ervas, alho, azeitonas, limão e até bacon — o queridinho da família.

Ainda existe a opção de servir o lanche com molho rosé. Veja, a seguir, como ele é preparado.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de ketchup;
  • 200g de maionese;
  • 1 colher de sopa de mostarda;
  • 1 colher de sopa de limão;
  • molho inglês a gosto.

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes em uma vasilha e bata-os com uma colher de madeira, até que tudo se transforme em um creme homogêneo. Pronto. Simples, não é?

4. Conheça as receitas de cachorro-quente

Agora que já citamos os melhores ingredientes para montar o seu lanche, vamos mostrar algumas receitas práticas para se deliciar.

Cachorro-quente de Festa

Perfeito para as crianças, já que elas preferem combinações mais simples. A receita para as festinhas é muito prática, preparada com pão para cachorro-quente e recheado com molho de tomate e salsicha tipo hot-dog.

Ingredientes
  • 10 salsichas para hot-dog;
  • 1 lata de molho de tomate;
  • 10 pães para cachorro-quente.
Modo de preparo

Aqueça as salsichas na água quente e, enquanto isso, coloque o molho de tomate em uma panela e esquente-o. Assim que a salsicha ficar cozida e o molho engrossar, basta abrir os pães, colocar as salsichas neles e recheá-los com o molho quente. Muito simples e rápido.

Cachorro-quente de forno

Para esta receita, a massa é o preparo mais demorado, pois, além de misturar os ingredientes, é preciso esperar que ela cresça. Para só então, enrolar pequenas porções com uma salsicha em miniatura ou cortada, levando ao forno. Para dar um toque especial ao lanche, acrescente orégano ao recheio.

Ingredientes para a massa 
  • 4 xícaras de chá de farinha de trigo;
  • 1 xícara de chá de leite morno;
  • 2 tabletes de fermento biológico;
  • 1/4 de xícara de chá com óleo;
  • 1 ovo;
  • 1 gema;
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1 colher de café de sal.
Modo de preparo da massa

Misture o açúcar e o fermento em um pote, até que fique homogêneo. Na sequência, acrescente a farinha de trigo, o óleo e o ovo e mexa.

A massa vai começar a ganhar forma e, então, você deve amassá-la e acrescentar farinha até que fique mais seca. Assim que pegar esse ponto, faça um corte em formato de X nela e deixe-a descansar por meia hora, para crescer e ser moldada.

Passado os 30 minutos, divida a massa em bolinhas pequenas, para agilizar o preparo de cada cachorro-quente. Estique cada uma das bolinhas com um rolo de massa e enrole a salsicha. Coloque em uma assadeira untada com óleo e farinha, pincele a gema e leve-a ao forno até dourar.

Para dar mais sabor ao lanche, use molhos de mostarda, ketchup, maionese, pimenta e outros de seu gosto.

Cachorro-quente prensado

Feito em pão de leite, além de ter a salsicha, essa versão da receita tem frango desfiado, peito de peru, queijo muçarela, requeijão cremoso e bacon. Para fechar com chave de ouro, o lanche é prensado na chapa ou em uma frigideira, que comprime todos esses ingredientes deliciosos.

Ingredientes
  • 10 fatias de bacon;
  • 10 salsichas para hot-dog;
  • 10 fatias de peito de peru — defumado, light ou normal;
  • 400g de frango desfiado;
  • 10 fatias de muçarela;
  • Requeijão Cremoso.
Modo de preparo

Cozinhe o frango em uma panela com água e sal até ele ficar bastante macio. Assim que estiver pronto, desfie o frango com as mãos ou com a ajuda de um garfo, e reserve.

Em seguida, esquente a salsicha em um outra panela com água até ela ficar cozida, e reserve. Então, frite o bacon em fogo baixo dos dois lados até ele ficar crocante.

Em seguida corte o pão ao meio, coloque a salsicha, uma colher de sopa de requeijão, um pouco do frango e uma fatia de peito de peru, muçarela e bacon.

Para finalizar, aqueça uma frigideira, feche o lanche e prense-o com uma chapa de aço própria para prensar alimentos no fogo. Ou, use o fundo de uma outra frigideira também aquecida, para prensar as duas partes.

Cachorro-quente Paulista

A principal característica que diferencia a versão paulista das demais é, sem dúvida, o purê de batatas. No entanto, outros ingredientes, como o vinagrete e a batata palha, contribuem para o toque único desta versão.

A receita é montada no pão para hot-dog, acompanhada de molho de tomate com salsicha e finalizada com queijo parmesão ralado. Aprenda a fazer o purê aqui abaixo, pois, o restante da receita é a mesmo do cachorro-quente de festa.

Ingredientes
  • 6 batatas;
  • 1/2 copo de leite;
  • 1 pote de requeijão cremoso;
  • 2 colheres de sopa com margarina;
  • sal a gosto.
Modo de preparo

Cozinhe as batatas com casca, na água, até amolecerem. Espere elas esfriarem, retire as cascas e amasse-as com moedor ou um garfo, em uma travessa funda.

Coloque a massa em uma panela e aqueça-a junto ao requeijão, leite, margarina e o sal. Então é só misturar com uma colher de silicone, para não grudar no utensílio, até tudo ficar homogêneo. Depois é só montar o seu hot-dog clássico com o purê e se deliciar.

Cachorro-quente Alemão

Essa iguaria tem o toque marcante da salsicha alemã, que é geralmente maior do que o pão de leite. Esse lanche conta também com o toque especial do molho remolado, servido frio e facinho de fazer. É só misturar os ingredientes que você confere abaixo:

Ingredientes para molho remolado
  • 1 xícara de chá de maionese;
  • 1 limão espremido;
  • 3 colheres de sopa de salsinha e cebolinha picadas;
  • 4 colheres de sopa de mostarda;
  • sal a gosto;
  • pimenta-branca ou páprica picante a gosto.
Modo de preparo

Basta misturar todos os ingredientes em uma travessa e depois passar a mistura no seu cachorro quente, feito de maneira como os outros. O pão fica ao seu critério, enquanto o que garante o sabor sem igual dessa maravilha, é o molho remolado.

5. Planeje bem o modo de servir

A maneira de servir é decidida, principalmente, pela faixa etária dos convidados, o que também ajuda a definir as bebidas. Quando crianças, o ideal é que sejam feitos mini cachorros-quente, pois, na primeira-infância, os pequenos comem por etapas, já que preferem brincar do que parar somente para se alimentar. Ao fazer porções pequenas, você facilita o consumo e diminui a quantia de lanches deixados pela metade e espalhados pela casa.

No entanto, com crianças maiores e adultos, que já têm opinião formada sobre o que gostam ou não de comer, a versão self-service talvez seja a melhor opção ou a versão cachorro-quente completo, aquele dogão prontinho para morder. Nesta versão, se fizer mais de uma receita, é só servir em um saquinho ou guardanapo de papel em cores diferentes para facilitar a identificação de qual é qual. 

Como você pôde ver, o preparo do cachorro-quente é simples e pode ser feito de diversas formas. Esse lanche é uma excelente opção, principalmente pela praticidade e pelo custo-benefício. Dessa forma, você pode preparar uma festa sem ter que gastar muito dinheiro com a parte da alimentação, ao mesmo tempo que não perde muito tempo no fogão fazendo uma receita complexa.

Que tal receber mais opções práticas como essas para agilizar a sua rotina? Siga a Pif Paf no Instagram para acompanhar as novidades e algumas dicas que postamos por lá!

COMPARTILHE ISSO:

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *