Consumidores

Saiba como montar uma refeição completa com comida congelada

Veja como agilizar a sua rotina apostando em comida congelada!

A rotina durante a semana é sempre muito corrida e falta tempo até para as coisas simples? Você já parou para pensar que a comida congelada pode ajudar a melhorar a organização e economizar algumas horas? Ela proporciona mais praticidade, ao mesmo tempo em que se mantém saborosa.

Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre a alimentação balanceada, os cuidados na hora de congelar os alimentos — o que é especialmente importante para quem planeja as marmitas semanais — e oferecer sugestões de cardápios que podem ser adotados.

Você se interessou pelo assunto e quer saber como pode otimizar o seu dia a dia? Então, não deixe de conferir. Boa leitura!

Entenda a importância de balancear a alimentação

O nosso organismo precisa de nutrientes distintos para se manter funcionando corretamente. Contudo, eles são encontrados em grupos variados de alimentos, fazendo com que seja necessário diversificar a nossa alimentação — e garantir que teremos as necessidades supridas.

Para isso, é necessário planejar os grupos de alimentos que serão incluídos nas refeições e distribuí-los da melhor maneira possível. Conheça-os melhor a seguir.

Carboidratos

São os alimentos responsáveis por dar energia ao corpo. Por serem convertidos em açúcar depois de consumidos, o ideal é moderar a ingestão. Se possível, opte pelas opções integrais, que contêm mais fibras, vitaminas e minerais.

Ex.: arroz, macarrão, pão, batata, mandioca, batata-doce, cereais.

Proteínas

Já as proteínas têm um papel fundamental para diversas funções no corpo. Entre elas, estão o transporte de oxigênio, o fornecimento de energia, a construção e reparação dos músculos, a defesa do organismo e a produção de hormônios. Elas podem ser obtidas tanto com alimentos de origem animal como vegetal.

Ex.: carnes, ovos, peixes, lentilha, soja, feijão, quinoa, ervilhas, leite e derivados.

cortes selecionados Pif Paf

Gorduras

Uma alimentação moderada também é composta das chamadas “gorduras boas”. Elas são importantes para fornecer energia e transportar as vitaminas do complexo B. Também são uma boa recomendação para melhorar o “colesterol bom” (HDL). Contudo, o consumo deve ser moderado.

Ex.: azeite, manteiga, banha de porco, óleo de coco, ghee.

Vitaminas, minerais e fibras

Para que a alimentação fique completa, também é necessário consumir vitaminas, minerais e fibras. As funções desses nutrientes vão desde o transporte de oxigênio até o combate à anemia e os cuidados com o sistema cardiovascular.

Para isso, você deve ingerir frutas, legumes e vegetais (de preferência com casca e crus, sempre que possível, pois eles têm seus nutrientes mais conservados).

Não se esqueça de cuidar da hidratação. A alimentação balanceada é fundamental, mas, sem a ingestão adequada de água, dificilmente as coisas vão funcionar como deveriam no seu organismo — sem contar nos possíveis problemas que esse consumo aquém pode causar.

Conheça os cuidados necessários para congelar alimentos

Existem diversos produtos que você já consegue comprar congelados, o que facilita bastante o preparo. Alguns deles são tão vantajosos, que já vêm temperados, o que agiliza muito a elaboração das refeições.

Porém, por outro lado, há outros alimentos que precisam ser selecionados, preparados e só então congelados. É nessa hora que você precisa conhecer alguns cuidados básicos — principalmente se planejar separar as marmitas de comida congelada para a semana inteira. Nos tópicos a seguir, explicamos quais são os principais e como eles podem ser adotados.

Escolher os alimentos

Deve-se selecionar os alimentos com base na quantidade de comida que será preparada. Vale lembrar que o ideal é consumir leites e vegetais ainda frescos.

Preparar as refeições

Agora que os alimentos já foram adquiridos, é o momento de começar a organizá-los para montar as refeições. Lave bem os vegetais e legumes e faça o preparo daqueles que são necessários (tipo a cenoura cozida). Não precisa se preocupar tanto com o tempero, deixando para realçar o sabor depois que o descongelamento for realizado.

Ah, é importante planejar as quantidades ideais, visto que depois do descongelamento e aquecimento, a comida não poderá voltar para o freezer. Então, evite o desperdício.

Planejar o armazenamento

Você pode usar potinhos simples de plástico, desde que tome o cuidado de deixá-los bem limpos e fechados — evitando a contaminação e perda do alimento. Antes de guardar, coloque uma etiqueta informando a data do armazenamento, a refeição que está contida ali e qual é a data de validade.

Se você for consumir em dias próximos aos do congelamento, pode guardar a marmita na geladeira por até 5 dias, sem problemas. A partir daí, somente no freezer.

Descongelar e aquecer

Se você já definiu as refeições que vai consumir em cada dia, o ideal é retirá-las do freezer na noite anterior e colocá-las na geladeira. Na hora do almoço, ela já estará pronta para o aquecimento, que pode ser feito em banho-maria, no forno ou no microondas.

comida congelada

Descubra como montar uma refeição completa com comida congelada

Agora que você já sabe melhor como preparar e montar sua comida congelada, vamos oferecer algumas opções de cardápios para a semana, com refeições balanceadas. Para ajudar, você pode sempre seguir a lógica:

  • um carboidrato;
  • uma proteína animal;
  • dois tipos de salada;
  • uma leguminosa.

Vamos a elas?

Segunda-feira

Arroz, feijão, carne bovina, alface e cenoura.

Terça-feira

Purê de batata, carne suína, grão de bico e rúcula.

Quarta-feira

Mandioca cozida, frango em cubos, couve, palmito e grão de soja.

Quinta-feira

Arroz, feijão, carne bovina, repolho, alface e tomate.

Sexta-feira

Purê de mandioquinha, salmão, brócolis e grão de bico.

Sábado

Sobrecoxa assada com batata, feijão, alface, couve-flor e tomate.

Domingo

Macarrão com molho caseiro e carne bovina assada.

Poder contar com a comida congelada é uma forma de facilitar a sua rotina e gastar menos tempo planejando e preparando os cardápios ao longo da semana. Tudo isso, sem ser necessário abrir mão do sabor e de refeições que agradam o paladar, como você pôde ver com as sugestões acima. 

Gostou das nossas orientações? Quer continuar acompanhando outros conteúdos ligados à comida congelada, receitas e praticidade no preparo das suas refeições? Então, siga nossos perfis nas redes sociais e não perca as atualizações que postamos por lá. Estamos no Facebook e no Instagram.

COMPARTILHE ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *