Consumidores

Veja 7 dicas de como evitar o desperdício de alimentos na sua casa!

Já pensou em como evitar o desperdício de alimentos em sua casa, mas não tem ideia de como e por onde começar? Esse é um problema que deixa muita gente chateada, mas que também é bastante comum e acontece, basicamente, por falta de planejamento.

Contudo, há algumas mudanças bem simples na rotina que podem ajudar você a melhorar o consumo e fugir do problema de ter que jogar comida fora. Entre planejar as compras e exercitar a criatividade, listamos 7 dicas valiosas e bem práticas para você adotar em sua rotina — e que também vão trazer uma boa economia para o seu bolso. Vamos a elas?

1. Planeje bem suas compras

Existem chances de que o desperdício de alimentos comece lá nas suas compras, adquirindo quantidades maiores do que o gasto no período. Por isso, o ideal é fazer uma lista e planejar de acordo com o que você consome em determinado período. Assim, você tem na despensa os produtos suficientes até a próxima ida ao mercado.

Além disso, é recomendado que suas compras sejam fracionadas, aumentando a frequência com que você realiza as compras. Nesse caso, em vez de ir ao mercado uma vez por mês, você passa a ir 1 vez por semana (ou a cada 15 dias) e adquire somente o suficiente para esse período. Dessa forma, evita-se que os alimentos estraguem na geladeira ou na despensa.

Aos poucos, vai ficando mais fácil saber quais são as quantidades ideais, o que ajuda ainda mais a diminuir o desperdício. O importante é promover mudanças que sejam boas para a sua rotina e o seu ritmo de vida.

Aqui vai uma dica bônus: não vá ao mercado com fome. Quando isso acontece, a possibilidade de colocar coisas a mais no carrinho (principalmente comida) são muito grandes e aí, todo o trabalho de planejamento pode ir pelo ralo.

2. Elabore cardápios semanais

Quer outra dica valiosa para saber como evitar o desperdício de alimentos? Comece a fazer a definição de cardápios semanais. A partir daí, você já sabe exatamente quais refeições vai fazer ao longo dos dias e consegue planejar melhor as compras.

Se você tem uma rotina bem corrida, essa ideia é ainda mais vantajosa, já que ajuda a melhorar a gestão do seu tempo e você perde menos tempo se organizando para pensar o que fazer para o almoço ou o jantar.

3. Tome cuidado com as promoções

É normal que a gente queira aproveitar as promoções do mercado e leve algumas unidades a mais para manter um estoque em casa e fazer uma excelente economia. Porém, nesses casos, existe um risco grande de que o desperdício de alimentos aconteça depois, principalmente quando falamos dos mais perecíveis.

4. Não se esqueça das datas de validade

Por falar em perecibilidade, você também precisa ter atenção com as datas de validade. Sempre faça uma conferência antes de colocar o item no carrinho e tome cuidado com os alimentos que têm prazos mais curtos, como os pães.

Também há casos em que produtos com o vencimento próximo sejam colocados em promoção. Logo, sempre que ver um precinho bacana, não se esqueça de olhar a validade e ver se você vai mesmo consumir tudo a tempo — esse é outro passo fundamental para evitar o desperdício de alimentos.

Ah! E sempre que fizer a reposição na despensa, não se esqueça de dar mais uma conferida nas datas e deixe para colocar os que estão com prazos maiores ao fundo e os menores na frente, para serem consumidos mais rápido.

5. Reaproveite os alimentos

Você sabia que cascas, raízes e talos podem ser reaproveitados? Há casos em que eles são bem nutritivos e podem dar um “up” nas suas receitas. As folhas verdinhas do alho-poró têm um sabor interessante e podem ajudar a trazer mais cor para a comida e as cascas do abacaxi podem ser utilizadas para fazer suco, por exemplo.

Então, sempre procure alternativas e veja como os ingredientes podem ser utilizados no preparo das refeições, de bolos, doces, entre outros e também em outras funções, como:

6. Conte com a criatividade

Já que estamos falando de reaproveitamento, por que não usar as sobras dos alimentos para fazer outros pratos? Essa é uma das formas mais eficazes de evitar o desperdício de alimentos, principalmente se você contar com a criatividade para dar uma forcinha nessas horas. Entre as principais sugestões que podemos oferecer, estão:

  • arroz: bolinho frito, canja, arroz de forno ou de carreteiro;
  • feijão: tutu ou sopa;
  • pão: torradinhas, pudim (ou mironga), rabanada ou farinha de rosca (para empanar);
  • frutas bem maduras: bolos, doces, geleias e vitaminas;
  • carnes: farofas, omeletes, sanduíches e risotos.

Caso você tenha um pouquinho de cada, pode considerar fazer aquele mexidão gostoso e sair um pouco da rotina.

7. Aposte nos alimentos congelados 

Os alimentos congelados trazem mais praticidade e facilidade para a sua rotina, além de ajudar a diminuir o desperdício. 

É o caso de pão de queijo, filezinho de peixe, frango em cubos ou desfiado e vegetais congelados, além de bacalhau dessalgado — que ainda ajuda você a economizar tempo com o processo (demorado) de tirar o sal antes de começar a cozinhar.

Essas dicas já ajudam bastante a saber como evitar o desperdício de alimentos. Porém, é necessário se reunir com todas as pessoas que moram na casa e mostrar a importância da colaboração de todos os envolvidos — afinal, de nada adianta você mudar alguns hábitos, enquanto os outros continuam jogando comida fora.

O que achou dessa lista? Agora ficou mais fácil diminuir o desperdício, não acha? Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais e deixe que seus amigos também tenham essa conscientização!

Posts Relacionados

COMPARTILHE ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *