Consumidores

Veja 9 dicas para churrasco que vão fazer seu evento ser um sucesso!

Final de semana ou aquele feriadinho são momentos propícios para juntar a turma e assar umas carnes em casa. Porém, você quer que tudo saia perfeito e sabe que precisa se organizar para que nada falte e que as comidas estejam muito saborosas. 

Pensando nisso, resolvemos elaborar este artigo e listar 9 dicas para churrasco que vão ajudar você a se lembrar de tudo e promover uma ótima experiência para todos os envolvidos. Continue a leitura para saber quais são elas!

1. Planeje bastante o seu churrasco

Antes de tudo, você precisa planejar o seu churrasco e isso deve ser feito com base em algumas informações, como:

  • a quantidade de pessoas (adultos e crianças);
  • a duração do evento;
  • os tipos de carnes que serão servidas.

Nesse último caso, considere variar nos cortes bovinos, suínos e de aves. Você pode optar por picanha, contrafilé, alcatra, costela, linguiça, picanha suína, pernil, costelinha de porco, coxa, sobrecoxa e asa.

Com base nessas informações, fica mais fácil calcular as quantidades ideais de cada coisas que será comprada. Você também pode fazer essa conta de forma rápida e prática utilizando calculadoras disponíveis na internet.

2. Aposte em outros temperos além do sal grosso

O sal grosso é o tempero principal, e por vezes o único, usado na hora de preparar um churrasco e isso não é nenhum segredo. Contudo, você já parou para pensar que dá para usar outros tipos de tempero, ousar e surpreender seus convidados com novos sabores?

É possível usar ervas frescas ou azeites, por exemplo. Só não se esqueça de deixar os temperos descansando um pouco para “entrar” bem na carne. Deixe para colocar o sal somente quando a carne for para a grelha, visto que ele pode absorver o líquido e fazer com que se perca um pouco da suculência.

3. Invista em cortes que já vêm temperados

Por falar em temperos, você pode aproveitar cortes congelados e resfriados que já são vendidos dessa forma — e isso vale tanto para os suínos quanto de aves. Eles são muito saborosos e podem fazer a diferença no seu churrasco, além de economizar tempo e diminuindo as chances de você errar um pouco a mão na hora de temperar.

Caso queira, também pode adquirir o chamado kit churrasco. Nele, estão contidos alguns tipos de carne em diferentes quantidades, o que é bem prático na hora de fazer as compras.

4. Acenda a churrasqueira de forma rápida e prática

A maior recomendação na hora de acender a churrasqueira é que você evite utilizar o álcool na hora de colocar fogo no carvão. Além de gerar uma chama alta, que pode provocar queimaduras, ela acaba bem rápido.

Por isso, prefira utilizar papel higiênico embebido em uma gordura usada — aquela que foi guardada depois de uma fritura para ser reaproveitada, por exemplo. Coloque-o ao longo do espaço interno da churrasqueira e inclua alguns pedaços (não muito grossos) de carvão em volta.

Pegue outros pedaços menos e finos e coloque por cima, como se fizesse uma “cabaninha”, mas não esconda muito o papel, pois o fogo precisa do oxigênio para se alastrar. Acenda um fósforo, deixe a chama se manter estável e só então vá acrescentando o carvão (gradualmente) em volta e em cima do fogo (sem abafá-lo totalmente).

5. Saiba identificar os pontos da carne

Tá certo que o ponto da carne é sempre o motivo de algumas polêmicas. Enquanto há pessoas que gostam dela malpassada (quanto mais sangue, melhor), existem aquelas que têm pavor disso e preferem ver os bifes bem passados.

O que você pode fazer para agradar a todos é liberar em etapas. Ou seja, faça os cortes malpassados e volte o bife para a grelha até que ele chegue aos outros pontos. Se quiser evitar esse trabalho, dê preferência para entregar ao ponto.

Nesse caso, para descobrir se é o momento de tirar, una o seu polegar ao dedo anelar e aperte essa carne gordinha na parte interna do dedão. A carne ao ponto precisa ter uma consistência e firmeza parecida com ela. Na dúvida, tire o pedaço e faça um corte e tire uma fatia para visualizar a cor e o aspecto internamente.

6. Conte com uma faca bem afiada

Apesar de parecer óbvia, essa é uma das dicas para churrasco que não podem ser esquecidas. Uma faca bem afiada é essencial para que você consiga fazer um bom corte e evitar desperdícios. Aposte em um kit que contenha, entre outros utensílios, uma pedra e uma chaira — aquele objeto pontudo que os açougueiros usam para manter a faca amolada.

7. Acerte no corte das carnes

Independentemente do tipo de corte que você escolha para o churrasco, na hora de cortar, é necessário fazer o movimento contrário à fibra. Caso isso não seja respeitado, corre-se o risco de a carne ficar com um aspecto borrachento.

8. Não se esqueça dos acompanhamentos

Também não podemos deixar de falar sobre os acompanhamentos. Afinal, quando a gente fala de churrasco, é natural que venha à mente o delicioso pão de alho e famoso vinagrete, não é mesmo? Com eles, você tem um excelente acompanhamento e ajuda a tornar a refeição mais completa. Outras opções que casam muito bem são:

  • arroz (principalmente se houver crianças presentes);
  • batatas (que podem ser asadas na grelha);
  • salada de folhas.

9. Experimente incluir frutas

Se você quiser sair um pouco mais do tradicional, pode incluir frutas no seu churrasco. O abacaxi fica delicioso quando deixado um pouco na grelha e ainda ajuda a melhorar a digestão. Também tem a banana, que pode ser assada com a casca até ficar preta e estourar. Depois, ela é colocada em um pratinho, descascada e, caso goste de uma sobremesa doce, pode acrescentar leite condensado e canela.

Gostou das nossas dicas para churrasco? Com essas dicas, fica mais fácil se organizar e garantir que tudo saia dentro do esperado, não acha? Não se esqueça de deixar as bebidas bem geladinhas e de evitar possíveis desperdícios — vá avaliando o ritmo do consumo do pessoal e quando perceber que deu uma desacelerada, pare de colocar mais carnes na churrasqueira por um tempo.

Quer aproveitar para entender melhor como o cálculo para churrasco deve ser feito? Então, você vai gostar de conferir este artigo que fizemos especialmente para falar sobre essas proporções!

COMPARTILHE ISSO:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *