Revendedores

Quer dicas de negócios para abrir em 2020? Então, confira a lista de opções que fizemos!

Quer começar a empreender, mas não faz ideia em qual ramo investir? Essa dúvida é muito comum e passa pela cabeça de muitas pessoas que desejam abrir um negócio próprio. Porém, não precisa se preocupar com isso, uma boa ideia e um planejamento estruturado já dão o norte que você necessita para iniciar a sua jornada.

As perspectivas para o ano que vem são de melhora na economia. Com essa expectativa se concretizando, isso quer dizer que o consumo aumentará, deixando o mercado ainda mais favorável para quem é empreendedor. Então, com uma estratégia bem definida, é possível iniciar um negócio bem-sucedido.

Aí, você pode estar pensando agora: “tá, mas continuo sem saber por onde começar”. É exatamente sobre isso que vamos tratar neste artigo. Quer conhecer algumas ideias de negócios para abrir e começar a empreender? Então, veja as opções a seguir!

E-commerce e marketplace

O e-commerce vem apresentando crescimento contínuo e, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a expectativa é a de que o aumento no volume de vendas seja de 18%. Então, só por esse número, você já pode ver como esse é um excelente negócio para abrir em 2020. 

Se você ainda não tem muita familiaridade com os termos, o e-commerce nada mais é do que um varejo online. Isso significa que você cria uma loja virtual e vende por meio da internet. Se você opta por investir nisso, precisa saber que terá um gasto que envolve:

  • o desenvolvimento do site;
  • o pagamento da hospedagem do site;
  • o uso de uma plataforma que ajude a tornar a rotina mais fácil;
  • a integração com outras soluções (como a de frete e formas de pagamento);
  • a divulgação da loja em diversos canais.

Já o marketplace é um modelo parecido, mas com uma operação um pouco diferente. Nesse caso, você abre uma loja dentro de um site já consolidado. É como se fosse um estabelecimento dentro de um shopping, no qual as pessoas vão e escolhem onde farão suas compras.

O exemplo mais famoso desse tipo de negócio é o Mercado Livre. Na plataforma, muitos vendedores expõem seus produtos e os visitantes decidem qual loja tem a melhor proposta e transmite mais confiança. Lojas Americanas e Magazine Luiza também já adotam esse modelo de marketplace.

Nesse caso, você não tem todo aquele custo de começar um site do zero (já que a plataforma já está ali pronta). Porém, assim como uma loja precisa pagar aluguel para o shopping, o marketplace também cobra uma taxa dos vendedores. Ela pode ser por meio de um valor fixo ou de um percentual sobre as vendas — isso precisa ser bem analisado na hora de escolher a melhor opção.

Organização de eventos

Quantas festas de casamento, aniversário, chá de revelação, eventos corporativos, entre outros, você vê acontecendo por aí? Nesse meio todo, existem pessoas que não gostam, não têm tempo ou não querem ter que se preocupar com a parte da organização. É aí que entra uma excelente oportunidade de negócio. Se você gosta de planejar comemorações, talvez esse seja um excelente caminho para seguir empreendendo.

Porém, é preciso ter muita organização e contar com fornecedores de confiança e de qualidade. Afinal, é o seu nome que está em jogo e você não vai querer queimá-lo no mercado, não é?

Caso queira, pode focar em apenas um nicho e se tornar referência naquele mercado específico. Então, se você opta pela organização de casamentos, por exemplo, atenderá apenas noivos, conseguirá oferecer um serviço com mais qualidade e ainda tem grandes chances de ter o trabalho recomendado para outras pessoas (aumentando a sua cartela de clientes).

Ou, então, pode atuar em todas as áreas. Assim, você expande o seu leque de atuação e tem um mercado ainda maior para atender.

Produtos naturais

Se você parar para reparar bem as tendências do mercado, verá que produtos naturais, que não são testados em animais e têm um apelo muito grande em relação à sustentabilidade está muito em alta.

Existe um público cada vez maior e mais preocupado com a procedência de tudo aquilo que consome. Essas pessoas estão buscando produtos que não agridem o organismo e nem o meio ambiente. Isso vale para os ramos de alimentação, cosméticos, beleza e higiene pessoal, por exemplo.

Aqui também você pode escolher em qual nicho prefere trabalhar e até mesmo investir em cursos para ampliar seus conhecimentos sobre o assunto. Há temas como maquiagem natural e aromaterapia que são excelentes opções para se investir.

Consultoria

Você tem bastante conhecimento sobre determinado assunto? Então, que tal investir em consultorias para empresas ou mesmo outras pessoas? Aqui, as possibilidades são vastas. Só para citar algumas delas, temos:

  • auditoria e consultoria em processos nas empresas (dentro da sua área de formação);
  • mentoria para profissionais em início de carreira;
  • consultoria de moda e estilo.

Viu só como, apesar do termo, a área de atuação não se restringe apenas ao ambiente corporativo? Invista na sua marca, posicione-se como referência, utilize as redes sociais para divulgar seu trabalho e vá atrás do seu público.

Microcervejaria

As cervejas artesanais estão fazendo o maior sucesso ultimamente. Só em 2019, chegamos a 1.000 cervejarias autorizadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Então, que tal começar 2020 produzindo uma das grandes paixões do brasileiro?

Uma informação importante que você precisa saber sobre esse ramo: empresas desse setor estão enquadradas no Simples Nacional, o que significa uma carga tributária menor. 

Franquias

Outro setor que a gente também vê crescendo bastante é o de franquias. Esse modelo de negócio é benéfico tanto para o franqueador quanto para quem tem interesse em empreender uma marca que já é conhecida do público. 

Aqui, existem opções para todos os bolsos, desde as que demandam um investimento mais baixo, até as grandes marcas (que passam dos R$ 100 mil). Entre os nichos que podem ser escolhidos, podemos citar:

  • saúde e beleza;
  • hotelaria;
  • informática e eletrônicos;
  • alimentação;
  • supermercados.

Viu como tem várias opções de negócios para abrir em 2020? Existem várias ideias que são muito promissoras e que podem render bons resultados. O negócio é focar em algo que você realmente goste e queira desenvolver, além de estudar bem o mercado e as perspectivas que cada modelo tem para os próximos anos.

Gostou dessa lista? Já que falamos em franquia, o que acha de aprender um pouco mais? Então, não deixe de conferir nosso artigo sobre franquia de supermercado

COMPARTILHE ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *